quarta-feira, 18 de maio de 2016

Voltando no outono, sem violinos

.... e precisava mesmo desse empurrão da Tina pra que eu espanasse a poeira do bloguinho, tão querido, tão abandonado. Essa sensação de estar na praça de novo, na Central do Textão, junto com um povo tão bacana, tão solidário, tão com vontade de fazer junto. Bora cirandar. Bora rodar pelos blogs. Bora sair das garras do tio Zucka, que ele tá cada vez mais sedento. E a gente vai murchando ali sem nem perceber.
A Central tá nascendo e eu já tô com um quentinho no peito por fazer parte dela. Porque, lembrando do Groucho, eu sempre me espanto com a lindeza dos clubes que me aceitam. Por que será. Não pergunto nem muito alto: me alegro e agradeço.
Nem vou citar quem tá lá: é muita gente, dá pra ver todo mundo na aba "Quem", pelo nome do blog ou pelo nome do autor. Dá pra passear, flanar, se inspirar, refletir. Dá pra deitar na rede e olhar pro céu depois de ler um ou dois textos, que preguiça também é resistência.
E é isso: resistiremos. Para seguir viviendo. A música não sai da minha cabeça por esses dias.
A cada dia que é dia de resistência. A cada praça, cada manifestação, cada mesa de bar, cada fresta ocupada, cada vento no rosto, cada impulso. Tanto cada que ficou até esquisito.
O outono de hoje é chuvoso, espelhando os tempos sombrios. Mas tempos sombrios trazem em seu bojo a luz que foi abafada. Amanhã há de ser. Apesar de. Mesmo com. A gente vai levando e vai caminhando. Ainda tamos no susto. E crescendo. E nos fortalecendo. E chorando, abraçando, sambando, descendo a ladeira. Nos embolando.
Resistiremos. Andaremos. Ocuparemos. Voltaremos. Estamos voltando.


17 comentários:

  1. Seu texto me emocionou. Que lindo, xará. E que lindo esse movimento nosso, da Central, da Tina. Que continue.
    :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu sou a Renata do Lenta Caminhada. Aqui tive que usar o id do google porque não aceita a opção de colocar o nome do blog.

      Excluir
    2. hahaha não aceita porque eu sou uma anta informática, se alguém me ensinar como faz eu boto! :) viva!

      Excluir
  2. nenhuma central estaria completa, pra mim, sem você de liga e farol <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, tô emocionada mesmo com a gente de volta. <3

      Excluir
  3. Eu já tinha trombado com o Chopinho lá atrás, mas fiquei sempre na moita. Aí, vi que a Luciana e a Fal a conheciam e, através delas, comecei a conversar com você e só ganhei com isso. Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Andei pulando de blog em blog agora há pouco. E vi que deixei de frequentar uns que absolutamente adoro. Tão bom voltar. Viva a Tina, viva nós, viva a ciranda. Beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ritinha, tô feliz que nem criança em festa de aniversário (foi ontem, continua hoje). Viva!!!

      Excluir
  5. Que delícia de texto! Eu também tenho esse encantamento pelos clubes que me aceitam. Muito bom fazer parte disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei tanto do seu texto, Clarice. :) que lindo esses novos encontros. Viva a CT e a Tina.

      Excluir
  6. Cara, voce eh tao gentil. Gentil de me dar moral la no FB e talz. Fico encabulada de voce falar comigo. hihihihihi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu fico tão feliz de ter conhecido vocês depois de tanto tempo lendo quietinha. de ter tido um blog, de poder tirar a poeira dele e brincar de ser como vocês tudo. cê nem sabe.

      Excluir
  7. Respostas
    1. ;) Ói nóis aqui tra vêiz!!!! Beijo, xará!

      Excluir
  8. Também na ciranda, passeando pelos blogs, há tempos não sabia o que era isso :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorável, né? Tô amando flanar por aí. Obrigada por fazer isso acontecer, Ju! Beijo!

      Excluir

Comente à vontade. Mas, caso você opte por comentar como "Anônimo", assine de alguma forma, por favor. Fica mais fácil responder.